Presença das Associações na Bélgica, FAPB, no Congresso da Diáspora

Declaração do Porto
“O Nosso Futuro Comum do Conhecimento e da Qualificação
– Oportunidades para Jovens LUso DEScendentes

No passado Sábado, 15 de junho de 2019, o Ministro Português da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof. Manuel Heitor, presidiu, em Bruxelas, à primeira reunião do Grupo Diretor Belvédère Bruxelas.   

O Grupo Belvédère Bruxelas reúne a FAPB-Federação das Associações Portuguesas da Bélgica e as Instituições Académicas Portuguesas, no âmbito da Iniciativa LUDES – Oportunidades para Jovens Lusodescendentes no Ensino Superior em Portugal, com o objectivo de coordenar e agilizar as oportunidades de qualificação profissional e académica que esperam os jovens portugueses emigrantes e lusodescendente nas Universidades e Institutos Politécnicos em Portugal.

 O nome Grupo Belvédère é uma clara alusão ao nome da rua onde sitam as sedes da Associação de Emaús e da FAPB-Federação Portuguesa das Associações da Bélgica, organizadora do evento anual DIA DE PORTUGAL, DE CAMÕES E DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS NA BÉLGICA, e cujo programa de trabalho se centra sobre os jovens portugueses e o futuro : “apostar nos jovens, confiar no futuro”.

O ministro Manuel Heitor deslocou-se a Bruxelas para assistir, a 14 de junho, na Salle Gothique de l’Hôtel de Ville de Bruxelles, ao concerto de encerramento das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas na Bélgica, organizadas pela FAPB.

Já em 9 de junho, na Festa Dia de Portugal no Bois de la Cambre,  o Secretário de Estado CTES Sobrinho Teixeira estivera presente,  acompanhado por uma delegação de representantes académicos de Portugal, bem como pela madrinha da Iniciativa LUDES, a jovem de 19 anos Mariana Martins, de Odemira, estudante em Castelo Branco, na ESART-Escola Superior de Artes Aplicadas que pertence ao Instituto Politécnico de Castelo Branco. Os convidados de Portugal, onde se incluiram os monitores Ana Rita Ovelheira e João Campos, do Pavilhão do Conhecimento e da Ciência Viva,  muito apreciaram o contacto com os portugueses residentes na Bélgica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *